Saiba mais
VIEW ALL
HYBRID
Grecale
Ghibli
Levante
Quattroporte
MC20
MC20 Cielo
Fuoriserie
Special Series
História
Valores
Stories of Audacity
Experiences
Partners
Classic Cars
Fuoriserie
Store
Maserati Connect
Herança Maserati
Certified pre-owned
Service and Assistance
Customization
Maserati Club
Maserati Driving Experience
Factory Tour
Ermenegildo Zegna
Shell
Sonus Faber
Tidal
Manutenção
Extensão de Garantia
Serviços de Levantamento & Entrega
Assistência Rodoviária
Contate-nos
Guias e Documentação
Acessórios Genuínos
Rodas Completas Maserati
Genuine Parts

Maserati Multi 70 é o novo detentor do recorde da navegação Hong Kong-LondresGiovanni Soldini e a sua tripulação superaram o desafio da Rota do Chá em 36 dias, 2 horas e 37 minutos

MAS_SOLDINI_ARRIVE_02
READ MORE

Conseguiram. Às 13h20'26” UTC, o Maserati Multi 70 cruzou a linha de chegada da Rota do Chá entre Hong Kong e Londres, passando sob a ponte Queen Elizabeth II. Giovanni Soldini e a tripulação do trimarã, composta por Guido Broggi, Sébastien Audigane, Oliver Herrera Pérez e Alex Pella, demoraram 36 dias, 2 horas e 37 minutos a percorrer as 13.000 milhas náuticas da rota teórica entre o porto chinês e a capital do Reino Unido. Melhoraram o recorde em quase uma semana (5 dias e 19 horas), anteriormente pertença do Gitana 13, o maxi catamarã de 100 pés que percorreu a rota em 41 dias em 2008. O trimarã realizou um trajeto de 15 083 milhas a uma velocidade média de 17,4 nós.

Após cruzar a linha de chegada, o skipper Giovanni Soldini referiu: ''Estamos extremamente contentes, mas também extremadamente cansados. As últimas 48 horas foram muito duras. Na Mancha encontramos muito vento, um mar revolto e um frio enorme. Mas batemos o recorde, e por larga margem: tomamos a decisão correta relativamente à rota. A parte mais difícil foi, sem dúvida, a última: com condições meteorológicas mais favoráveis no Atlântico, poderíamos ter ganhos mais três ou quatro dias, mas estamos contentes assim. Tecnicamente, o barco está perfeito: percorremos cerca de 19 000 milhas desde a última vez que saímos do estaleiro, e tudo está muito bem: por detrás disto está uma preparação impecável, obrigado a Guido Broggi e ao resto da tripulação, realmente uma equipa fantástica”.

A aguardar pela oficialização do recorde pelo World Sailing Speed Record Council, a organização que valida os registos oceânicos, aqui fica o resumo da Rota do Chá, dia-a-dia.

Bordejando no Mar do Sul da China

Após iniciar a rota a 18 de janeiro, nos dois primeiros dias, a tripulação aproveita o vento de NE, realizando uma série de bordos para aproximar-se do extremo sul do Vietname. No terceiro dia, negoceia-se uma primeira transição com pouco vento em Singapura. No quarto e quinto dias, a tripulação ainda navega com vento franco para passar o estreito de Sonda e entrar no Oceano Índico com uma vantagem de dois dias sobre o recorde do Gitana 13.
 

“Sempre a fundo” no Oceano Índico, apesar de tudo

No sexto dia, o primeiro no Oceano Índico, supera-se uma depressão tropical situada no sudoeste de Sumatra.

Desde o sétimo ao novo dia, o Maserati Multi 70 navega com sotavento a alta velocidade, na rota direta nos ventos alísios de sudeste do hemisfério sul, registando-se o melhor dia de navegação, com 644 milhas percorridas em 24 horas.

Ao décimo dia, rompe-se o leme do casco direito após uma colisão com um objeto flutuante.

Ao décimo primeiro, a porta do leme partida é substituída. A vantagem do Maserati Multi 70 alcança o seu mínimo, quedando-se abaixo das 250 milhas.

No décimo segundo dia, a rota abandona os ventos alísios e supera um centro de altas pressões.

Os três dias seguintes caraterizam-se pela passagem de três frentes frias. O Maserati Multi 70 alcança as latitudes mais meridionais da rota, em torno de 38°S.

É superado o Cabo da Boa Esperança no décimo sexto dia, com uma vantagem de cinco dias sobre o Gitana 13.

O Atlântico Sul através da vertente africana

A passagem do Atlântico Sul começa por sotavento.

No décimo nono dia, escolhe-se a opção Este para passar o Equador.

Do vigésimo ao vigésimo terceiro dia, o Maserati Multi 70 dirige-se para a África Ocidental seguindo a rota direta, cruzando o Golfo da Guiné.

O Equador é cruzado no vigésimo segundo dia. A vantagem do Maserati alcança o seu máximo, com 2046 milhas.

Uma rota pouco usual também no Atlântico Norte

Uma inesperada bolha de frente fraco abranda a chegada à Serra Leoa no dia 23. É necessário superar a estagnação e uma depressão tropical estacionária junto à costa. A situação da alta pressão do Açores mantém-se atípica, é verdadeiramente impossível evitá-la supera-la passando para Oeste, mantém-se a opção oriental.

Do vigésimo quinto ao trigésimo dia, o Maserati Multi 70 adota vários rumos ao longo das costas da África Ocidental até chegar às Ilhas Canárias. A vantagem mantém-se estável, em torno das 1200 milhas.


No trigésimo primeiro dia, tem início a fase de navegação à bolina contra uma brisa de NE. O Maserati Multi 70 aproxima-se da costa de Portugal, e a seguir de Finisterra até à costa.

O barco navega muito rapidamente na segunda parte da passagem do Golfo da Biscaia.

O Canal da Mancha à bolina e o Tamisa à popa

O Maserati Multi 70 entra no Canal da Mancha antes do amanhecer de 22 de fevereiro. O vigésimo quinto dia de navegação inicia-se entre a Cornualha e a Bretanha, e prossegue rumo à costa sul de Inglaterra, antes de retomar a sequência de rumos ao longo da linha de costa, com um frio extremo. No dia seguinte, manhã bem cedo, o trimarã entra no Estreito de Dover e roda para o sudeste de Inglaterra, para começar a subir o estuário do Tamisa, até chegar à ponte Queen Elizabeth II.

Cruza a linha de chegada a 23 de fevereiro, às 13:20 UTC.

Para acompanhar o desafio ao vivo, visite a cartografia em maserati.soldini.it/cartography/

O desafio conta com o apoio da Maserati, patrocinador principal que dá nome ao trimarã, e da Aon como copatrocinador, juntamente com o fornecedor oficial de vestuário, Ermenegildo Zegna.

Um agradecimento especial também a Boero Bartolomeo S.p.A. e Contship Italia Group.


 

Para mais informações sobre o desafio:

www.maserati.soldini.it

Facebook - Giovanni Soldini official page

Twitter @giovannisoldini 

Instagram @giovanni_soldini 

Youtube www.youtube.com/user/GiovanniSoldini

 

READ MORE