Maserati de volta à competição Primeira marca italiana a participar no ABB FIA Formula E World Championship a partir de 2023

Maserati_back_to_racing_169

A Maserati comunicau hoje a sua intenção de participar no ABB FIA Formula E World Championship em 2023 como parte da sua estratégia de competição nos desportos motorizados.

A Maserati, uma empresa com profundas raízes nas corridas de automóveis, será a primeira marca italiana a participar no Campeonato do Mundo de Fórmula E. Com o regresso aos circuitos, recupera e renova o espírito competitivo que faz parte do seu ADN.

O incomparável legado da Maserati (uma marca intrinsecamente ligada à alta performance) no mundo da competição, e a sua postura inovadora no âmbito da eletrificação, estão em perfeita sintonia com o espírito do ABB FIA Formula E World Championship, o primeiro campeonato de Grandes Prémios disputados por automóveis eléctricos em circuitos urbanos.

A aposta da Maserati na mobilidade elétrica é potenciada por uma explosão de energia renovada, que agora acelerará até à velocidade máxima com a Folgore, a sua gama totalmente elétrica. Todos os novos modelos da Maserati estarão disponíveis também em versão 100 % elétrica, incluindo os Maserati Grecale, Maserati GranTurismo e GranCabrio, e o superdesportivo Maserati MC20. 

O mundial de Fórmula E, organizado pela ABB e com a chancela da FIA, proporciona à Maserati uma plataforma perfeita para exibir o incomparável legado da marca e a gama Folgore num ambiente em que coexistem de forma notável a alta performance e a inovação.

A Maserati estará pela primeira vez na grelha de partida da temporada 9 com o novo monolugar Gen3, o carro de Fórmula E mais rápido, ligeiro e potente de sempre. O Gen3 é p carro de corridas mais eficiente do mundo, apresentando uma série de inovações tecnológicas, de produção e de design líderes na indústria.

As corridas de Fórmula E levam a emoção da alta competição ao centro das cidades mais emblemáticas do mundo, entre elas Nova Iorque, Mónaco, Berlim, Cidade do México, Londres e Roma. Desde os seus primórdios, levaram a que os automóveis elétricos, hoje exportados para cada canto do mundo, fossem mais longe com cada carga através do aumento da eficiência energética, da melhoria da autonomia das baterias e dos avanços no desenvolvimento da cadeia cinemática.

Davide Grasso, CEO da Maserati, expressa, assim, a sua satisfação com a notícia: “Estamos muito orgulhosos por regressar ao local a que pertencemos, e por assumir um papel de protagonistas no mundo das corridas. Somos movidos pela paixão e inovadores por natureza. Possuímos um longo historial de excelência de nível mundial na competição, e estamos prontos para impulsionar a performance no futuro”. E prossegue: “Na corrida por mais e melhores performance, luxo e inovação, a Folgore é irresistível e a mais pura expressão da essência da Maserati. É por isto que decidimos voltar a competir com o Campeonato do Mundo de Fórmula E, encontrando os nossos clientes nos centros das cidades de todo o mundo, conduzindo o Tridente runo ao futuro”.

Jean-Marc Finot, vice-presidente sénior da STELLANTIS Motorsport, acrescenta: “É um enorme prazer para a STELLANTIS Motorsport fazer parte do regresso da Maserati à competição. Além deste marco histórico, o Fórmula E da Maserati será o nosso laboratório tecnológico para acelerar o desenvolvimento de motores eletrificados de alta eficiência, e de software inteligente para os nossos automóveis desportivos de estrada. A Fórmula E é o campeonato perfeito para este propósito, e estamos muito orgulhosos por ser a primeira marca italiana a participar no mesmo”.

Alejandro Agag, fundador e presidente da Fórmula E, também celebra a chegada da Maserati ao campeonato: “Estamos orgulhosos por dar as boas-vindas à Maserati à sua nova casa no mundo da alta competição automobilística de nível mundial. O ABB FIA Formula E World Championship é o pináculo das corridas de veículos elétricos. Proporciona o ambiente perfeito para que as mais dinâmicas e inovadoras marcas de automóveis de altas prestações exibam as suas capacidades tecnológicas, assim como as suas ambições a nível desportivo”.

Jamie Reigle, CEO da Fórmula E, conclui, afirmando: “Estamos encantados por a Maserati se juntar à era 3Gen da Fórmula E, e por desempenhar um papel primordial no reinventar do futuro da competição automóvel. As corridas de Fórmula E, disputadas no coração das cidades mais emblemáticas do mundo, são seguidas de forma apaixonada por uma audiência global cada vez mais vasta. Os nossos milhões de adeptos de todo o mundo estarão entusiasmados por ver a Maserati na grelha de partida como uma das marcas de automóveis elétricos de elite do mundo”.

Mohammed Ben Sulayem, presidente da FIA: “Estou encantado por dar as boas-vindas à Maserati à temporada 9 do Campeonato do Mundo de Fórmula E. Para um fabricante tão emblemático, com um legado tremendamente digno de orgulho e bem sucedido no desporto automóvel, empenhar-se neste compromisso com o campeonato é um testemunho da fé inquebrantável no futuro do lABB FIA Formula E World Championship, num momento em nos preparamos para dar o salto para uma nova era. O novo monolugar Gen3 representará o pináculo da sustentabilidade, da tecnologia e da performance.

A Maserati nasceu nos circuitos a partir da audácia, primeiro, dos irmãos Maserati e, depois, dos seus pilotos.

A sua estreia na competição ocorreu há 96 anos. O primeiro carro de corridas a exibir o logótipo do Tridente no capô foi o Tipo 26, que se estreou na Targa Florio em 1926, obtendo o primeiro lugar na classe de até 1,5 L, com Alfieri Maserati ao volante.

Trinta e um anos mais tarde, em 1957, Juan Manuel Fangio venceu o Campeonato do Mundo de F1 com a Maserati.
A última vez que um monolugar Maserati foi visto em pistas foi com Maria Teresa De Filippis, a primeira mulher da história a qualificar-se para um Grande Prémio de Fórmula 1, a bordo de um 250F.

A sua última aparição na competição foi com o impressionante MC12, que venceu 22 corridas (incluindo três vitórias nas 24 Horas de Spa) e 14 títulos da Taça do Mundo FIA GT, nas categorias de Construtores, Pilotos e Equipas, entre 2004 y 2010.

Os circuitos sempre foram o habitat natural da Maserati. Agora, com o seu irromper na nova era da Fórmula E, a marca recupera as suas raízes à medida que constrói o seu futuro. 

18737-MaseratiTipo26TargaFlorio1926_sqaure
18739-MaseratibacktoracingDavideGrassoCEOMaseratiandAlejandroAgagFounderChairmanFormulaEatModenaPlant_169
18736-Maserati250FJuanManuelFangio1957_square
18734-MaseratiMC122006_square
18741-MaseratibacktoracingDavideGrassoCEOMaseratiandAlejandroAgagFounderChairmanFormulaE_169
18738-MaseratibacktoracingDavideGrassoCEOMaseratiandAlejandroAgagFounderChairmanFormulaEatModenaPlant_169
load more
no results
Mantenha-se atualizado
Por favor, garanta que todos os campos são corretamente preenchidos.
OS SEUS DETALHES PESSOAIS
*
*
*
*

*

*
*Campo obrigatório