Este website utiliza cookies de perfil de terceiros para fornecer serviços de acordo com as preferências que revelar enquanto navega no Website. Ao continuar a navegar neste Website, está a indicar que concorda com o uso desses cookies. Se pretende opor-se a tal processamento, leia as instruções descritas na nossa Política de Cookies.
Permitir todos os cookies

Giovanni Soldini e a tripulação do Maserati Multi 70 em Malta para a Rolex Middle Sea Race

Modena, 17 de outubro de 2018 – Faltam três dias para o início da 39ª edição da Rolex Middle Sea Race, na qual 149 embarcações cruzarão a linha de largada em Valletta, Malta, no sábado, 20 de outubro, às 11h00 (9h00 UTC).

 

O Maserati Multi 70enfrentará cinco outras equipas na classe MOCRA; entre elas encontra-se o rival direto PowerPlay(anteriormente Concise 10), o MOD 70 inglês de Peter Cunningham, que tem Ned Collier Wakefield como skipper.

“Já conhecemos a tripulação do PowerPlay, estamos muito satisfeitos que tenham vindo ao Mediterrâneo para participarmos juntos nesta regata”, refere o skipper Giovanni Soldini. “Após esta competição, acordamos continuar com o mesmo programa, com a RORC Transatlantic Race em novembro, e a RORC Caribbean 600 em fevereiro, juntamente outros MOD 70, tornando as regatas mais competitivas e divertidas”.

 

A equipa doMaserati Multi 70 está a ultimar os derradeiros preparativos para a prova. Durante o transporte para Malta, o gancho do solent – que segura a vela ao mastro – ficou danificado. A peça de substituição já foi colocada em tempo recorde, para que o trimarã italiano esteja pronto a enfrentar o rival directo PowerPlay.

 

Juntamento com o skipper, Giovanni Soldini, a bordo do Maserati Multi 70 estará uma tripulação de sete pessoas:

 

· Guido Broggi (ITA), trimmer da vela grande – comandante do Maserati Multi 70, conta com milhares de milhas de navegação oceânica no seu currículo e colabora com Giovanni Soldini há muitos anos, desde que foi o líder da equipa na construção e preparação desportiva do 60’ Fila em 1998. Em 2018, fez parte da tripulação

do Maserati Multi 70para a conquista do recorde da Rota do Chá, de Hong Kong a Londres.

 

· Vittorio Bissaro (ITA), táctico – participou nos Jogos Olímpicos do Rio 2016 na classe Narca 17, e, a bordo do Maserati Multi 70, participou na regata RORC 600 Carribean e na the Transpacific Yacht Race de 2017. Nos últimos meses, tem colaborado com o Maserati Multi 70para otimizar o trimarã sob uma perspetiva dinâmica e de análise de dados.

 

· Carlos Hernandez Robayna (ESP), trimmer – conta com muitos anos de vela no seu currículo, velejou em diferentes classes e juntou-se a Giovanni Soldini em muitas regatas e travessias oceânicas, entre as quais a Transpacific Yacht Race e a Rolex Sydney Hobart Yacht Race.

 

· Oliver Herrera Perez (ESP), proa – na sua carreira velejou a bordo de Ims 500, Swan 45 e RC44. Já parte do Maserati Vor70, continua a competir enquanto proa a bordo do Maserati Multi 70, e, em 2018, fez parte da tripulação do Maserati Multi 70para a conquista do recorde da Rota do Chá, de Hong Kong a Londres.

 

· François Robert (FRA), pitman – participou em inúmeras regatas, entre as quais duas edições da Mini Transat e uma edição da Transat Jacques Vabre, e integrava a equipa de construção para o 60’ Filae para o Telecom Italia da Classe 40 de Giovanni Soldini.

 

· Matteo Soldini (ITA), grinder e trimmer – colabora no projeto Maserati Multi 70desde o início, e participou em inúmeras provas offshore, entre as quais duas edições da Rolex Middle Sea Race.

 

· Nico Malingri (ITA), grinder e trimmer – começou a navegar com tenra idade e conquistou dois recordes de duplas com o seu pai, Vittorio Malingri, a bordo de um catamarã de 20 pés: na Marselha-Cartago em 2016, e da Dakar-Guadalupe em 2017.

 

A Rolex Middle Sea Race, organizada pelo Royal Malta Yacht Club, está a celebrar este ano o seu 50º aniversário desde a sua primeira edição, em 1968. A rota de 606 milhas da regata é percorrida no sentido oposto ao dos ponteiros do relógio em torno da Sicília, passando a Norte de Stromboli, a Oeste de Favignana e Pantelleria e a Sul de Lampedusa, antes de rumar de regresso à linha de chegada em Valletta.

 

O recorde da prova é detido por George David, que, em 2007, cruzou a linha de chegada a bordo do Rambler, um maxi monocasco com 27 metros de comprimento, em 47 horas, 55 minutos e 3 segundos.

 

O tempo recorde na categoria multicascos (MOCRA) foi estabelecido pelo Maserati Multi 70, que, em 2016, terminou a regata na primeira posição em 49 horas, 25 minutos e 1 segundo.

 

 

O desafio é apoiado pela Maserati, o patrocinador principal que dá o nome ao trimarã, e pela Aon enquanto copatrocinador, em conjunto com o fornecedor oficial de vestuário, Ermenegildo Zegna.

 

Um agradecimento especial também à Boero Bartolomeo S.p.A. e à Garmin Marine.