Os cookies são utilizados para poder oferecer-lhe a melhor experiência ao visitar o nosso site. O nosso site utiliza cookies que podem incluir cookies terceiros para enviar-lhe publicidade interessante para si. O nosso site pode incluir também cookies de terceiros. Para mais informações: .                     
                     Al continuar su visita en el sitio web, usted autoriza el uso de las cookies.

A nona edição da RORC Caribbean 600 Race começa em Antigua

A RORC Caribbean 600 Race é reconhecida como uma das mais complexas e desafiantes regatas da vela oceânica. A edição deste ano atraiu uma frota recorde de 80 barcos, incluindo várias equipas de competição oceânica de topo, oriundas de diversos pontos do globo.

Com largada e chegada em Antigua, a regata percorre a sua rota através das Caraíbas, passando por não menos do que 11 pontos de viragem em outras tantas ilhas, indo deste tão longe, a norte, como Saint Martin, até à pequena Ilha dos Santos, ao largo de Guadalupe, a sul.

Reviva a regata!

 

Maserati Multi70 cruzou a linha de chegada da RORC Caribbean 600 Race

O Maserati Multi70 cruzou a linha de chegada às 21h33m35s, hora local, em Antigua (02h33m em Itália), na quinta-feira, 21 de Fevereiro.

O trimarã capitaneado pelo skipper Giovanni Soldini terminou a RORC Caribbean 600 Race na segunda posição,

 

fev

22

Maserati Multi70 protagoniza uma impressionante recuperação na batalha pela Line Honours

Horas antes, quando uma zona de calmaria de vento atrasou temporariamente o Maserati Multi70 na aproximação à ilha de Guadalupe, o barco norte-americano conquistava uma liderança de 13 milhas, contudo, a tripulação de Soldini rapidamente voltava a navegar a toda a velocidade, iniciando uma veloz perseguição aos seus rivais, tendo aflorado os 26 nós por longos períodos de tempo. À medida que o Phaedo3 se aproximava da Ilha dos Santos, o ponto de viragem mais a sul do percurso, era a vez do barco com bandeira dos EUA ser atrasado por ventos fracos, permitindo ao Maserati Multi70 voltar a entrar na luta pela liderança, ficando a somente quatro milhas do líder.

 

fev

21

Maserati Multi70 numa luta mano a mano pela liderança com o Phaedo3

Ao fim de 24 horas de competição na RORC Caribbean 600 Race, o trimarã Maserati Multi70, que tem como skipper o velejador de competição italiano Giovanni Soldini, está engajado numa luta sem tréguas pela liderança com o detentor do recorde da prova, o Phaedo3.

O Maserati Multi70 foi significativamente atrasado durante algum tempo por ventos extremamente fracos, na aproximação ao lado ocidental de Guadalupe, permitindo ao Phaedo3 afastar-se rapidamente.

Porém, o barco italiano rapidamente recuperava e estava de volta à ação, com a tripulação a tirar o máximo partido do vento fresco para atingir velocidades de até 26 nós. Na altura em que alcançaram a Ilha dos Santos, e começaram a virar a norte, a diferença entre os dois barcos tinha baixado para quatro milhas.

A tripulação do Maserati Multi70 continuou a progredir e, ao meio-dia local (17h00 em Itália), os homens de Soldini estavam a menos de meia milha do Phaedo3, com ainda 185 milhas por disputar até ao final da regata, em Antigua.

 

fev

21

Ventos fracos deixam o Maserati Multi70 treze milhas atrás do Phaedo3

“A primeira metade da regata teve 13 a 15 nós de vento e estávamos competitivos face aos nossos rivais”, relatou Soldini a partir do seu barco pouco antes da madrugada de hoje. “Eles estão a velejar muito bem, e não cometeram quaisquer erros. A brisa vem e vai, e sempre que aumenta de intensidade eles conseguem ampliar um pouco mais a vantagem relativamente a nós. Aqui e ali o vento é suficiente para nós recuperarmos a distância. Geralmente, o vento tem sido mais forte do que o que as previsões apontavam, pelo que esperamos que assim continue e possamos encontrar ventos de maior intensidade, indicados para que o nosso barco possa voar melhor”.

 

fev

21

Maserati Multi70 luta pela liderança na RORC Caribbean 600 Race

O Maserati Multi70 está a levar a cabo uma luta sem tréguas pela liderança na RORC Caribbean 600 Race com o MOD 70 americano Phaedo3.

Os dois trimarãs têm estado envolvidos numa batalha a alta velocidade pela supremacia na prova desde a largada da regata, ontem de manhã, em Antigua (tarde da Europa).

Às 04h00 locais (09h00 na Europa) desta manhã, o Phaedo3 e o segundo classificado, o Maserati Multi70, estavam separados por apenas duas milhas, à medida que rumavam para sul a uma velocidade de cerca de 18 nós, estando a aproximadamente 14 milhas do recorde da prova, estabelecido pelo Phaedo3 em 2016.

 

fev

21

Começou a RORC Caribbean 600

O Maserati Multi70 cruzou a linha de largada em Fort Charlotte, no lado sul da ilha, às 11h40 locais (15h40 na Europa), com um vento de 10 nós.

“Estas condições não são boas para um barco voador como o nosso, mas tudo o que podemos fazer é velejar o melhor que podemos”, referiu Soldini após o início da regata “Estes ventos fracos significam que o percurso estará cheio de armadilhas. Teremos de ser inteligentes e dar o nosso máximo até ao final”.

fev

20

Previsão de ventos muito fracos – de todo as condições ideais para o Maserati Multi70

“O que estamos a desenvolver com o Maserati Multi70 é um barco voador”, explicou Soldini. “O desempenho do barco depende da força do vento. Com uma intensidade superior a 14 nós, o nosso sistema de fólios personalizado começa a funcionar e podemos ser competitivos. Mas, com ventos fracos, os fólios – em particular o horizontal de grandes dimensões no patilhão central – criam resistência na água e atrasam-nos”. “Escolhemos esta regata porque, normalmente, existem ventos fortes nesta zona, mas, agora, as condições climatéricas que iremos enfrentar são frustrantes”.

 

fev

19

RORC Caribbean 600 Race arranca amanhã

Giovanni Soldini e a sua tripulação internacional, a bordo do trimarã off-shore de alta tecnologia Maserati Multi70, estão perante incaracterísticas condições de vento fraco em Antigua, para a largada da RORC Caribbean 600 Race na segunda-feira, 20 de fevereiro,

Os homens de Soldini têm estado a monitorizar a situação climatérica logo após a formação de um centro de baixas pressões bastante a norte de Antigua ter alterado as normais condições de fortes ventos Alísios. As previsões meteorológicas têm apontado para uma forte calmaria de vento de 48 horas durante a regata de 600 milhas. As previsões de vento fraco não são uma boa notícia para o trimarã de competição oceânico italiano, concebido para ventos bastante mais fortes.

fev

19

Encontre o seu site local